Encontro Nacional de Estudantes de Física foi um sucesso


Decorreu entre os dias 18 e 21 de Fevereiro, na Universidade do Minho, o Encontro Nacional de Estudantes de Física (ENEF) 2016. Este evento é organizado anualmente pela Physis – Associação Portuguesa de Estudantes de Física, com o apoio de uma comissão organizadora que, nesta edição, foi constituída por elementos do NEFUM.

Esta edição do ENEF contou com a presença de 120 estudantes de Física, Engenharia Física e áreas afins, provenientes de 7 instituições de ensino superior portuguesas: Universidade do Minho, Universidade do Porto, Universidade de Aveiro, Universidade de Coimbra, Universidade de Lisboa, Universidade Nova de Lisboa e Instituto Superior Técnico.

Ao longo de quatro dias, os participantes puderam assistir a palestras teóricas, participar em workshops, visitar laboratórios e empresas, realizar visitas culturais nas cidades de Braga e de Guimarães e, claro, participar em atividades recreativas para fomentar o convívio entre estudantes. Mereceram particular destaque as visitas ao INL e ao Avepark, os workshops proporcionados pelo grupo Electroactive Smart Materials Group, a visita à exposição interativa do LIP e as palestras dadas pelos convidados especiais, com o apoio do INL: Lars Montelius, James Gimzewski e Stella Pang.

De acordo com o feedback que tivemos da parte dos participantes, professores e demais envolvidos, esta iniciativa foi um verdadeiro sucesso, que permitiu mostrar o que se faz ao mais alto nível na área da Física na Universidade do Minho.

Evidentemente, tudo isto apenas foi possível graças à boa disposição e excelente espírito de iniciativa por parte de todos os participantes e ao apoio dado por todas as instituições que apoiaram o ENEF, nomeadamente: a Escola de Ciências da Universidade do Minho, o INL – International Iberian Nanotechnology Laboratory, a Câmara Municipal de Braga, a Câmara Municipal de Guimarães, a Associação Académica da Universidade do Minho, o IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, a Ciência Viva, o LIP – Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas, o Electroactive Smart Materials Group, a Sociedade Portuguesa de Física, o Centro de Física da Universidade do Minho, o SEMAT – Serviço de Caracterização de Materiais da Universidade do Minho, a ORION – Sociedade Científica de Astronomia do Minho, a Bot’n Roll, a Minho Team, o 3B’s Research Group, a Critical Materials, a Interactive Touch, a TUB – Transportes Urbanos de Braga, a CP – Comboios de Portugal, a Signa, o Novo Banco, a água do Fastio, o café-bar Carpe Noctem e a Meltino café.

A todos os que contribuíram para o enorme sucesso desta iniciativa, um enorme OBRIGADO!